quinta-feira, 25 de abril de 2013

segunda-feira, 22 de abril de 2013

Feliz Dia da Terra!

Hoje é nada mais nada menos que o Dia da Terra, então nada mais justo que postar alguma foto em homenagem!
Então aqui vai...essa foto foi tirada pelo satélite Suomi NPP. O nome dessa foto é ''The Blue Marble'', que traduzido para o português seria como ''A bolinha de gude azul''. Nada mal, ein!
Esta imagem composta usa um número de faixas da superfície da Terra, tiradas em 04 de janeiro de 2012.
É...nossa bolinha de gude está aí, flutuando no espaço frio, vazio e escuro...
Feliz dia da Terra!


Blue Marble - High-Res Image of the Earth
Crédito da imagem: NASA/NOAA/GSFC/Suomi NPP/VIIRS/Norman Kuring

sábado, 20 de abril de 2013

Nebulosa de Órion

É uma das nebulosas mais brilhantes, e pode ser observada a simples vista sobre o céu noturno.
Possui 25 anos-luz de diâmetro, uma densidade de 600 átomos/cm³ e temperatura de 70 K. Trata-se de uma região de formação estelar: em seu interior as estrelas estão nascendo e começando a brilhar constantemente. Há uma enorme concentração de poeira estelar e de gases nessa região, o que sugere a existência de água, pela junção de hidrogênio e oxigênio.


Gênios da Ciência: Albert Einstein


Quem nunca ouviu falar de Albert Einstein? Na minha opinião, esse é o cientista mais conhecido no mundo. É muito difícil alguém não conhecê-lo, mesmo que seja apenas de nome (ou aquela famosa foto com a língua para fora).

Ficheiro:Einstein-formal portrait-35.jpg
Einstein foi um renomado físico teórico alemão que desenvolveu a teoria da Relatividade Geral, um dos pilares da física moderna.
Albert Einstein, nascido na Alemanha, possuiu quatro nacionalidades diferentes em períodos diferentes, sendo que passou um período sem nacionalidade alguma. Foi considerado alemão, sueco, austríaco e estadunidense.
Ele foi também o responsável pela criação da bomba atômica, porém não tinha a intenção de causar nenhum mal. Pelo contrário, Einstein era pacifista e considerava a guerra uma doença. No entanto, na Segunda Grande Guerra, mandou uma carta ao então presidente dos Estados Unidos Franklin D. Roosevelt com as instruções e a recomendação da construção da bomba atômica. Se arrependeu, mas em uma conversa com seu amigo Linus Pauling, disse que havia uma justificativa para ter mandado a carta: o perigo de que fossem os alemães a construir a bomba.
Einstein, por ser judeu e com a ascensão dos nazistas ao poder com o seu novo chanceler Adolf Hitler, decidiu ficar nos EUA e não voltar mais à Alemanha, formalmente renunciando à cidadania alemã.
Enfim, Einstein contribuiu de uma forma imensa para a ciência atual de diversas formas, mas sua teoria mais conhecida é a da Relatividade Geral.
A Relatividade Geral é uma teoria da gravitação desenvolvida entra 1907 e 1915. De acordo com a mesma, a atração gravitacional entre as massas observadas resultam da curvatura do espaço e do tempo por essas massas. A teoria tornou-se uma ferramenta essencial na astrofísica moderna. Em 1911, Einstein publicou um outro artigo expandindo o artigo de 1907, em que os efeitos adicionais, como a deflexão da luz por corpos maciços eram previsíveis.
Outra teoria muito conhecida de Einstein é a Equivalência massa-energia, que pode ser demonstrada pela equação E=mc² (depois posto um artigo somente sobre essa teoria), onde E=energia, m=massa e c=velocidade da luz no vácuo.
Einstein ganhou diversos prêmios, como: Medalha Matteucci (1921), Medalha Copley (1925), Medalha de Ouro da RAS (1926), Medalha Max Planck (1929), Medalha Franklin (1935) e talvez o mais importante deles: o Nobel de Física (1921).


quinta-feira, 18 de abril de 2013

Telescópio Kepler faz nova descoberta promissora

O telescópio espacial Kepler fez uma descoberta que pode de certa forma animar a comunidade científica:
dois planetas (em um mesmo sistema) que estão na zona habitável de sua estrela. Sim, no mesmo sistema!!
Os dois planetas descobertos são oceânicos e são os análogos mais parecidos com a Terra descobertos até agora.
A estrela, chamada Kepler 62, está aproximadamente a mil e duzentos anos-luz de distância da Terra e é parecida com o Sol, porém é menor e mais fria e isto faz com que a zona habitável (onde a água pode existir em estado líquido) seja mais perto da estrela.
Cada um dos novos planetas descobertos podem estar inteiramente cobertos por oceanos, de acordo com os modelos teóricos dos astrônomos.
O planeta Kepler 62e, com uma revolução de 122 dias terrestres, pode ser tropical, úmido e quente, com uma atmosfera com muitas nuvens. Possui um tamanho aproximadamente 60% maior que o da Terra.
Mais longe um pouco está o planeta Kepler 62f, que possui uma revolução a cada 267 dias terrestres e é aproximadamente 40% maior que a Terra. Este, por estar mais distante de sua estrela, certamente é mais frio (provavelmente uma bola de gelo), a menos que sua atmosfera possua grandes quantidades de dióxido de carbono (CO²).
Além destes dois planetas, a estrela Kepler 62 tem mais 3 planetas orbitando ao seu redor, porém estes são menos propícios à vida, já que suas órbitas estão muito próximas de sua estrela.
É difícil imaginar um habitante inteligente em um planeta sem continente algum, apenas oceânico. Mas apenas o fato de crescer em um planeta onde pode-se observar luzes da cidade de outro planeta, já é uma boa razão para desenvolver tecnologias de exploração espacial.

quarta-feira, 17 de abril de 2013

Pilares de poeira na Nebulosa da Águia

Este é um pilar de gás e poeira entre muitos outros dentro da Nebulosa da Águia.

Ventos fracos de estrelas próximas quentes e jovens estão criando esculturas como estas e fazendo-as brilhar.



http://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/a/a3/Kotkasumu_M16_yksityiskohta.jpg
Crédito da imagem:NASA, ESA e The Hubble Heritage Team (STScI / AURA)


terça-feira, 16 de abril de 2013

O quão distante Marte está da Terra?

Quer saber qual a distância entre a Terra e Marte de uma forma simples, objetiva e rápida? Fácil...entre no site logo abaixo, é MUITO bacana!

Distance to Mars

domingo, 14 de abril de 2013

Cientista recria o som do Big Bang

Acredita-se que o início da expansão do Universo (Big Bang) produziu intensas ondas de som que obviamente não são mais audíveis, porém informações sobre a radiação cósmica de fundo coletadas pela NASA apontam que é possível simulá-las.
O físico John Cramer, a partir da análise de dados, o fez.
Os 100 segundos que Cramer montou mostram, na realidade, um intervalo de 380 mil anos.
Escute o barulho que a expansão do Universo causou!

segunda-feira, 8 de abril de 2013

08/04: Dia Mundial da Astronomia

Hoje é celebrado o dia mundial de uma das ciências mais antigas que existem: a Astronomia.
Como comemoração, postarei uma bela foto:

Nebulosa Cabeça de Cavalo

domingo, 7 de abril de 2013

Gravidade

Trouxe um documentário completo do History Channel que explica como funciona a gravidade...assistam!! É muito bom!

Planeta Terra visto da Estação Espacial Internacional

Como seria nossa visão sobre o planeta Terra a bordo da ISS?
Veja no vídeo logo abaixo:

sábado, 6 de abril de 2013

100.000 Stars

Faça um tour pela Via Láctea em 3D! Clique no link abaixo:

100.000 Stars

Divirta-se!

Aprenda a estimar as distâncias no céu em graus!

Meça a distância entre estrelas e planetas em graus usando apenas as mãos: