sábado, 20 de abril de 2013

Gênios da Ciência: Albert Einstein


Quem nunca ouviu falar de Albert Einstein? Na minha opinião, esse é o cientista mais conhecido no mundo. É muito difícil alguém não conhecê-lo, mesmo que seja apenas de nome (ou aquela famosa foto com a língua para fora).

Ficheiro:Einstein-formal portrait-35.jpg
Einstein foi um renomado físico teórico alemão que desenvolveu a teoria da Relatividade Geral, um dos pilares da física moderna.
Albert Einstein, nascido na Alemanha, possuiu quatro nacionalidades diferentes em períodos diferentes, sendo que passou um período sem nacionalidade alguma. Foi considerado alemão, sueco, austríaco e estadunidense.
Ele foi também o responsável pela criação da bomba atômica, porém não tinha a intenção de causar nenhum mal. Pelo contrário, Einstein era pacifista e considerava a guerra uma doença. No entanto, na Segunda Grande Guerra, mandou uma carta ao então presidente dos Estados Unidos Franklin D. Roosevelt com as instruções e a recomendação da construção da bomba atômica. Se arrependeu, mas em uma conversa com seu amigo Linus Pauling, disse que havia uma justificativa para ter mandado a carta: o perigo de que fossem os alemães a construir a bomba.
Einstein, por ser judeu e com a ascensão dos nazistas ao poder com o seu novo chanceler Adolf Hitler, decidiu ficar nos EUA e não voltar mais à Alemanha, formalmente renunciando à cidadania alemã.
Enfim, Einstein contribuiu de uma forma imensa para a ciência atual de diversas formas, mas sua teoria mais conhecida é a da Relatividade Geral.
A Relatividade Geral é uma teoria da gravitação desenvolvida entra 1907 e 1915. De acordo com a mesma, a atração gravitacional entre as massas observadas resultam da curvatura do espaço e do tempo por essas massas. A teoria tornou-se uma ferramenta essencial na astrofísica moderna. Em 1911, Einstein publicou um outro artigo expandindo o artigo de 1907, em que os efeitos adicionais, como a deflexão da luz por corpos maciços eram previsíveis.
Outra teoria muito conhecida de Einstein é a Equivalência massa-energia, que pode ser demonstrada pela equação E=mc² (depois posto um artigo somente sobre essa teoria), onde E=energia, m=massa e c=velocidade da luz no vácuo.
Einstein ganhou diversos prêmios, como: Medalha Matteucci (1921), Medalha Copley (1925), Medalha de Ouro da RAS (1926), Medalha Max Planck (1929), Medalha Franklin (1935) e talvez o mais importante deles: o Nobel de Física (1921).


Um comentário: